Visão

Siga-nos nas redes

Perfil

Saúde: Encerramento definitivo do Lusocord será "atentado à saúde dos portugueses" - Manuel Pizarro

Lusa

  • 333

Porto, 04 set (Lusa) -- O deputado socialista Manuel Pizarro considerou hoje que o encerramento definitivo do Banco Público de Células do Cordão Umbilical (Lusocord) seria "um atentado contra a saúde e bem-estar dos portugueses".

O deputado do PS, ex-secretário de Estado da Saúde e responsável pela criação do banco em 2009, falava à Lusa a propósito de um comunicado emitido na segunda-feira pelo Instituto Português do Sangue e da Transplantação que aponta "Irregularidades de gestão, processuais e financeiras" no Centro de Histocompatibilidade do Norte (CHN) e anuncia a suspensão, durante 60 a 90 dias, da colheita para o banco público de células do cordão umbilical que funciona no CHN.

As irregularidades originaram um "relatório preliminar" enviado às "autoridades competentes" para que sejam "desenvolvidas as inspeções necessárias ao completo esclarecimento das situações e apuramento de eventuais responsabilidades", acrescenta o comunicado.