Visão

Siga-nos nas redes

Perfil

Saúde: Comissão defende manutenção de algumas maternidades com menos de 1.500 partos/ano

Lusa

  • 333

Lisboa, 16 jun (Lusa) -- O presidente da Comissão Nacional de Saúde Materna, da Criança e do Adolescente defendeu hoje a manutenção de algumas maternidades com menos de 1.500 partos por ano, principalmente nas zonas do interior do país.

A Organização Mundial de Saúde (OMS) recomenda o encerramento dos blocos de partos com menos de 1.500 nascimentos por ano. Em Portugal, nos últimos 20 anos, já foram encerrados cerca de 140.

Mas há maternidades que "têm de continuar a existir para servir as comunidades", disse à Lusa Bilhota Xavier, que preside a comissão que elaborou a "Carta Hospitalar Materna, da Criança e do Adolescente", que pretende ser "um contributo para consolidar e, se possível, melhorar os excelentes resultados obtidos na área da saúde materna e pediátrica em Portugal nos últimos 20 anos".