Visão

Siga-nos nas redes

Perfil

Saúde: Cerca de 200 pessoas manifestam-se em Évora em defesa de urgência polivalente

Lusa

  • 333

Évora, 25 jul (Lusa) - Cerca de 200 pessoas participaram hoje, em Évora, numa vigília noturna pela manutenção da urgência polivalente no hospital da cidade, apesar de o ministro da tutela já ter garantido que o Governo não vai despromover o serviço.

"Nós queremos que o ministro cumpra o que disse", justificou à agência Lusa a porta-voz do Movimento de Utentes da Saúde Pública (MUSP) do distrito de Évora, Sílvia Santos, defendendo a necessidade de um serviço "com tudo o que uma urgência polivalente necessita".

O ministro da Saúde, Paulo Macedo, anunciou hoje, no parlamento, que o Governo não vai despromover as urgências dos hospitais Garcia de Orta (Almada), Évora e Gaia.