Visão

Siga-nos nas redes

Perfil

Saúde: Autarca de Amarante exigirá a Governo devolução de 750 mil euros se novo hospital não corresponder ao acordado

Lusa

  • 333

Amarante, 06 jun (Lusa) -- O presidente da Câmara de Amarante, Armindo Abreu, garantiu hoje que se a programação funcional do novo hospital não for cumprida a autarquia exigirá ao Governo a devolução dos 750 mil euros investidos pelo município.

"Se esses acordos não forem cumpridos, evidentemente que o mínimo de decência obriga a que o Estado pague ao município o terreno e os acessos", afirmou.

Armindo Abreu (PS) referia-se à reprogramação funcional do hospital de Amarante acordada em 2006 entre a autarquia e o então ministro da Saúde, Correia de Campos.