Visão

Siga-nos nas redes

Perfil

SATA Internacional deve usar infraestruturas das Lajes libertadas pelos norte-americanos -- CDS-PP/Açores

Lusa

  • 333

Angra do Heroísmo, 02 abr (Lusa) -- O líder do CDS-PP/Açores defendeu hoje que, caso a base da SATA Internacional seja transferida de Lisboa para os Açores, deve situar-se no Aeroporto das Lajes, ilha Terceira, aproveitando as infraestruturas libertadas pelos militares norte-americanos.

"Se o Governo Regional assumir esta corajosa decisão contribuirá para evitar o abandono de muitas infraestruturas na Base das Lajes e, simultaneamente, criará a possibilidade de surgirem novos postos de trabalho altamente qualificados, gerando riqueza e evitando males maiores para a economia da Terceira e dos Açores", frisou Artur Lima, em conferência de imprensa em Angra do Heroísmo.

Artur Lima salientou que a administração da companhia aérea açoriana, SATA, pretende reestruturar a SATA Internacional, retirando competências centralizadas em Lisboa para as concentrar em Ponta Delgada, mas considerou que o Aeroporto João Paulo II "não tem capacidade, quer a nível de placa de estacionamento de aviões, quer a nível de hangares, para ter uma base da SATA Internacional".