Visão

Siga-nos nas redes

Perfil

São Tomé e Príncipe: Primeiro-ministro acusa oposição de bloquear o país

Lusa

  • 333

São Tomé, 26 jul (Lusa) - O primeiro-ministro são-tomense, Patrice Trovoada, acusou hoje a oposição de ser "um grupo de políticos em crise", incapaz de "viver longe do poder absoluto, dos privilégios e dos tráficos de influência".

Não existe crise política mas sim um grupo de políticos em crise, que jamais aprendem a viver longe do poder absoluto, dos privilégios e dos tráficos de influência e que para tal estão em permanente gesticulação visando desestabilizar, bloquear e distrair a governação dos seus dignos objetivos", disse Patrice Trovoada em conferência de imprensa, reagindo a uma moção de censura apresentada hoje no parlamento pelo principal partido de oposição, Movimento de Libertação de São Tomé e Príncipe (MLSTP-PSD) e cuja discussão está prevista para terça-feira.

A moção de censura foi apresentada quando o Presidente são-tomense, Manuel Pinto da Costa, se encontra de visita a Portugal, com regresso previsto a São Tomé a 03 de agosto.