Visão

Siga-nos nas redes

Perfil

Santana Castilho diz que relatório do FMI contém "erros enormes"

Lusa

  • 333

Lisboa, 24 jan (Lusa) -- O especialista em política educativa Santana Castilho disse hoje à agência Lusa que o relatório do FMI com propostas para cortes orçamentais contém "erros enormes", alguns deles "gravíssimos", que atribui a "desonestidade".

"Qualquer pessoa minimamente informada olha para aquele relatório e vê que é encomendado pelo Governo, que do ponto de vista técnico é a coisa mais mal feita, cheia de erros enormes, alguns deles gravíssimos", afirmou o professor que, no sábado, promete "desmistificar os números" numa conferência promovida pelo Sindicato Nacional dos Professores Licenciados pelos Institutos Politécnicos e Universidades (SPLIU), em Lisboa.

Para Santana Castilho, apesar de frequentemente utilizado, o Produto Interno Bruto (PIB) não é o indicador mais fiável para medir o investimento dos países em educação e respetivo retorno.