Visão

Siga-nos nas redes

Perfil

Sangue: Amadora-Sintra aplica método para evitar desperdício de plasma e poupa 66 mil euros/ano

Lusa

  • 333

Lisboa, 26 jun (Lusa) -- O Hospital Amadora-Sintra está a utilizar um método para aproveitar o plasma dos dadores de sangue, permitindo poupar 66 mil euros por ano e evitar o desperdício deste produto, disse à Lusa a diretora do Serviço de Imuno-Hemoterapia.

"Estávamos à espera de uma solução nacional para inativação do plasma", mas como isso não aconteceu o hospital decidiu começar a inativar o plasma dos dadores para transfundir aos doentes, disse Anabela Barradas.

Antes da utilização deste método, o hospital comprava o plasma a "uma firma e saía muito mais caro. Além do mais, deitávamos plasma de dadores fora", contou a médica.