Visão

Siga-nos nas redes

Perfil

Rússia terá em conta relações com Brasil no momento da escolha do novo diretor da OMC

Lusa

  • 333

Moscovo, 07 fev (Lusa) -- A Rússia terá em conta as suas relações amistosas com o Brasil quando estudar o seu apoio ao candidato do Brasil à presidência da Organização Mundial do Comércio (OMC), declarou hoje o porta-voz do Ministério dos Negócios Estrangeiros russo.

"Estudaremos da maneira mais consciente a candidatura de Roberto Carvalho de Azevêdo ao cargo de diretor-geral da OMC", disse à imprensa Alexandr Lukashévich.

O diplomata russo referiu que serão tidos em conta "o caráter amistoso e o alto nível das relações bilaterais russo-brasileiras, incluindo a dinâmica positiva nos setores económico e social, e a cooperação construtiva durante as negociações para a entrada da Rússia na OMC".