Visão

Siga-nos nas redes

Perfil

Rússia ocultou informação relevante sobre os irmãos Tsarnaev - acusam funcionários dos EUA

Lusa

  • 333

Washington, 11 mai (Lusa) -- O diário Wall Street Journal revela hoje que funcionários norte-americanos dizem que a Rússia ocultou em 2011 informação relevante relativa à radicalização do principal responsável dos atentados de Boston.

O alerta que as autoridades russas enviaram há dois anos ao FBI sobre Tamerlan Tsarnaev, morto dias depois do ataque na maratona de Boston, tinha mensagens de texto que Moscovo decidiu não informar, explica o diário na sua edição digital.

Os funcionários norte-americanos consideram as mensagens de texto enviadas pela mãe dos suspeitos a um familiar como a "mais importante" de uma série de informações perdidas entre os dois países, cujos serviços de informações possuem uma cultura de desconfiança mutua.