Visão

Siga-nos nas redes

Perfil

Rui Rio acusa Manuel Leitão de "práticas estalinistas" e pede 20 mil euros e desculpas públicas

Lusa

  • 333

Porto, 21 nov (Lusa) -- O presidente da Câmara do Porto acusa Manuel Leitão de "práticas estalinistas", pede 20 mil euros e um pedido de desculpas público no processo judicial movido contra o autor da revista que trazia na capa "Rio és um fdp".

A ação movida pelo autarca, a que a Lusa teve hoje acesso, corre termos no Tribunal das Varas Cíveis da Comarca do Porto desde 24 de julho e acusa Manuel Leitão "de difamação e injúria agravadas".

O processo conta desde dia 08 com a contestação do empresário, na qual Rui Rio é criticado pelo "autoritarismo tirano e cego" e se prossegue com o debate sobre o significado de "fdp".