Visão

Siga-nos nas redes

Perfil

RTP/Imagens: Luís Castro nega ter autorizado polícia a ver imagens

Lusa

  • 333

Lisboa, 04 dez (Lusa) - O ex-subdiretor de Informação da RTP Luís Castro disse hoje não ter dado autorização à polícia para ver imagens dos confrontos de 14 de novembro, declarando que apenas cedeu o seu gabinete para tal.

"Eu não dei autorização à polícia para visionar imagens, para entrar nas instalações da RTP. Eu não assisti ao visionamento. A única coisa que fiz foi ceder o meu gabinete para que as imagens fossem lá visionadas, uma vez que o meu gabinete ia ficar livre. E fi-lo mediante uma decisão que fora tomada pelo diretor de informação [Nuno Santos]", afirmou Castro aos jornalistas no final de uma audição na Entidade Reguladora para a Comunicação Social (ERC).

Luís Castro tinha pedido para ser ouvido pelo regulador sobre o caso que levou o antigo diretor de Informação Nuno Santos a apresentar a demissão.