Visão

Siga-nos nas redes

Perfil

RTP: UGT está contra concessão ou privatização da empresa e acusa Governo de incoerência

Lusa

  • 333

Lisboa, 29 ago (Lusa) - A UGT manifestou-se hoje totalmente contra a concessão ou privatização do serviço público de rádio e televisão portugueses e acusou o Governo de falta de coerência.

Em comunicado enviado às redações, o sindicato considera que "este modelo, bem como os próprios moldes do seu anúncio, revelam da parte do Governo uma inquietante falta de coerência, improvisando medidas que muitas vezes tropeçam na própria realidade das empresas".

A UGT, liderada por João Proença, lembra que a intenção do Executivo não consta das exigências da 'troika' e aponta três razões pelas quais se opõe ao eventual encerramento da RTP2 e à concessão a privados da RTP.