Visão

Siga-nos nas redes

Perfil

RSI: Câmara do Porto comunicou à Segurança social 22 casos de recusa de trabalho

Lusa

  • 333

Porto, 30 jul (Lusa) -- A Câmara do Porto revelou hoje ter comunicado à Segurança Social, para efeitos de corte do Rendimento Social de Inserção (RSI), que 22 beneficiários daquele apoio recusaram os trabalhos propostos pela autarquia, no âmbito do programa Contrato-Emprego-Inserção+.

Até agora, a autarquia propôs trabalho, maioritariamente na área da jardinagem, a 79 beneficiários do RSI, número que pensa alargar às duas centenas, até ao final do ano. Em todos os casos, a câmara paga um pequeno complemento remuneratório, que inclui subsídio de alimentação e transporte.

"Vinte e dois, num total de 70 e tal, não aceitaram e a Segurança Social foi notificada do facto. Não espero que venham a perder o RSI, espero é que já tenham perdido", disse o presidente da Câmara, Rui Rio, ao visitar alguns locais onde 59 beneficiários do RSI estão a exercer funções de jardineiro.