Visão

Siga-nos nas redes

Perfil

Rock in Rio ganha tom político com canções de protesto e um nariz de palhaço

Lusa

  • 333

Rio de Janeiro, 15 set (Lusa) - O segundo dia de Rock in Rio ganhou um tom político logo nas primeiras apresentações, com o vocalista Dinho Ouro Preto, da banda brasileira Capital Inicial, que abriu o Palco Mundo, a cantar com um nariz de palhaço.

"Essa música não sei nem a quem dedicar, cada um pode fechar o olho e imaginar o seu político, eu acho que vou dedicar ao Congresso Nacional, pelo conjunto da obra", declarou o vocalista, com um nariz vermelho de palhaço, que manteve durante toda a interpretação de "Saquear Brasília", da sua autoria.

Mais cedo, no palco alternativo Sunset, o grupo Detonautas, que liderou o tributo a Raul Seixas, famoso músico brasileiro falecido no final dos anos 1980, também já tinha incitado o público com críticas à recente proibição do uso de máscaras durante manifestações políticas.