Visão

Siga-nos nas redes

Perfil

Risco máximo de incêndio em quase 30 concelhos do continente

Lusa

  • 333

Lisboa, 23 ago (Lusa) -- Quase três dezenas de concelhos de Portugal Continental, a maioria no Interior Norte, apresentam hoje risco máximo de incêndio, de acordo com o Instituto Português do Mar e da Atmosfera (IPMA).

O IPMA indica, na sua página da Internet, que em risco máximo de incêndio estão 29 concelhos: Cabeceiras de Basto (Braga), Valongo e Baião (Porto), Ribeira de Pena e Vila Pouca de Aguiar (Vila Real), Resende, Castro Daire, Vila Nova de Paiva, Moimenta da Beira, Sernancelhe e Mangualde (Viseu), Sabugal, Guarda, Celorico da Beira, Fornos de Algodre, Gouveia, Aguiar da Beira e Trancoso (Guarda), Pampilhosa da Serra, Arganil, Góis (Coimbra), Pedrógão Grande e Figueiró dos Vinhos (Leiria), Oleiros, Sertã e Vila de Rei (Castelo Branco), Mação e Sardoal (Santarém) e Monchique (Faro).

O risco de incêndio determinado pelo IPMA engloba cinco níveis, variando entre reduzido e máximo.