Visão

Siga-nos nas redes

Perfil

Risco de derrocada em Guimarães permanece e dez casas estão em risco -- vereador

Lusa

  • 333

Guimarães, 02 abr (Lusa) -- Os trabalhos para descartar a possibilidade de carros soterrados pelo deslizamento de terras na circular urbana de Guimarães decorriam na noite de hoje, havendo "risco de continuação da derrocada" e de perigo para dez casas, informou a Câmara Muncipal.

O vereador da Proteção Civil da Câmara de Guimarães, Amadeu Portilha, explicou à agência Lusa, cerca das 20:45, que as equipas estão a trabalhar para "descartar em definitivo a possibilidade de haver carros" soterrados pela derrocada, garantindo as testemunhas do incidente que o deslizamento de terras não atingiu nenhuma viatura.

"A segunda preocupação é o conjunto de habitações que estão aqui em cima. É uma situação muito perigosa e permanece o risco de continuação da derrocada. As pessoas das sete casas habitadas (há dez em risco no conjunto de 20 habitações) foram informadas que não podem passar ali a noite", disse, acrescentando que nenhuma delas quis apoio da autarquia, encontrando alojamento alternativo.