Visão

Siga-nos nas redes

Perfil

Rio+20: Líderes "não foram ambiciosos", Portugal deve renovar estratégia para 2020 e 2050 - Quercus

Lusa

  • 333

Lisboa, 23 jun (Lusa) - A Quercus considerou hoje que os líderes políticos que estiveram reunidos na conferência Rio+20, no Rio de Janeiro, "não foram ambiciosos para salvar o planeta" e apela ao Governo para que renove a estratégia de desenvolvimento sustentável.

A organização de defesa do ambiente afirmou, em comunicado emitido após a conclusão do encontro no Rio de Janeiro, no Brasil, que "falharam decisões fundamentais, como a promoção de uma maior equidade no uso dos recursos, a recusa à subsidiação dos combustíveis fósseis, uma posição sobre os problemas do recurso à energia nuclear, ou a promoção de uma maior informação e formação da população para estimular a participação sobre desenvolvimento sustentável".

A Quercus lamentou que o que se tenha conseguido de mais concreto tenha sido um plano a dez anos, no sentido de criar padrões de consumo e de produção mais sustentáveis.