Visão

Siga-nos nas redes

Perfil

Ria Formosa: Sindicato alerta para casos de fome entre os mariscadores

Lusa

  • 333

Olhão, 26 set (Lusa) -- O Sindicato das Pescas do Sul denunciou hoje a existência de situações de fome em famílias de mariscadores da Ria Formosa, impedidos de apanhar bivalves desde 21 de agosto, devido à existência de toxinas que provocam intoxicação paralisante.

Em declarações à Lusa, o coordenador daquele sindicato, Josué Marques, sublinhou que as situações de "carência profunda" deverão estar a afetar cerca de 6.000 trabalhadores dos viveiros, a que se juntarão muitos outros apanhadores de bivalves.

Em plenário realizado hoje, aquele sindicato informou os trabalhadores das condições em que podem requerer o fundo de garantia salarial, que contudo "ficam aquém das necessidades".