Visão

Siga-nos nas redes

Perfil

Revista de Imprensa

Lusa

  • 333

Lisboa, 25 out (Lusa) -- O adiamento do guião da reforma do Estado, a venda pela CGD dos 6,11% que detinha na PT e a privatização dos CTT, que será a empresa postal com mais capital privado na Europa, são destaques hoje nos jornais.

A imprensa portuguesa destaca também as rescisões com professores, que não vão ter teto máximo de compensação, os desenvolvimentos na investigação do caso do desaparecimento da criança inglesa Madeleine McCann, os efeitos do mau tempo, bem como os resultados de um estudo sobre hábitos alimentares, que indica que as crianças abusam do consumo de refrigerantes.

O Diário Económico adianta hoje em manchete que os reformados da PT, CTT e ANA também vão sofrer corte de 10% nas pensões.