Visão

Siga-nos nas redes

Perfil

Revista de Imprensa

Lusa

  • 333

Lisboa, 20 fev (Lusa) -- A entrada em vigor da descida das indemnizações por despedimento em 2014, a contestação ao ministro Miguel Relvas e o afastamento de Cândida Almeida do Departamento Central de Investigação e Ação Penal estão hoje em destaque na imprensa.

Os jornais diários destacam nas capas que o ministro Miguel Relvas foi alvo, duas vezes em menos de 24 horas, de vaias e cantos, assim como a entrada em vigor em 2014 do corte na indemnização e fundos de compensação por despedimento.

O afastamento de Cândida Almeida do Departamento Central de Investigação e Ação penal (DCIAP) domina também as capas dos jornais, adiantando o Público que Helena Fazendas é o nome com mais apoios para substituir a Procuradora.