Visão

Siga-nos nas redes

Perfil

Revista de imprensa do Porto

Lusa

  • 333

Porto, 28 out (Lusa) -- Os jornais do Porto destacam hoje os negócios que prosperam na Internet, a reforma do Estado que o primeiro-ministro pretende fazer e o futuro do Planetário do Porto.

"Universidade do Porto faz depender do Governo o futuro do Planetário" é o principal destaque na secção Local da edição Porto do Público. Tal como a Câmara do Porto, que perguntou ao Governo se pode integrar o pessoal do Teatro do Campo Alegre nos seus quadros, a universidade também quer saber se pode absorver os funcionários do planetário. Os funcionários do Planetário e do Teatro do Campo Alegre pertencem à Fundação Ciência e Desenvolvimento cuja extinção foi recomendada pelo poder central.

Em manchete, o Público escreve "Passos Coelho quer reforma 'profunda' do Estado até 2014" e acrescenta "O Estado precisa de uma reforma tão profunda que é necessário uma refundação do programa de ajustamento, defendeu o primeiro-ministro".