Visão

Siga-nos nas redes

Perfil

Reunião do G20 no México marcada pelas ausências das principais figuras

Lusa

  • 333

Redação, 1 nov (Lusa) - A reunião do G20, no domingo e segunda-feira no México, está a ser ensombrada pelas ausências já confirmadas dos responsáveis norte-americanos, franceses e brasileiros, para além do presidente do Banco Central Europeu, Mario Draghi.

O encontro dos dirigentes das 20 maiores economias mundiais não contará com a presença do secretário de Estado do Tesouro norte-americano, Timothy F. Geithner, sendo que a comparência do governador do Banco Central da China é ainda incerta, de acordo com a agência de notícias financeiras Bloomberg. Confirmado está já que os ministros das Finanças do Brasil e da França não irão ao México, o que torna a probabilidade de existirem decisões importantes sem a presença destes 'atores-chave' é quase insignificante, de acordo com os analistas contactados por esta agência de notícias.

Ainda de acordo com a Bloomberg, as ausências da reunião do G20 prendem-se com um conjunto de dificuldades de calendário, que no caso dos Estados Unidos passam pela ressaca do furacão Sandy e pelas vésperas da eleições presidencial, ao passo que no caso da Europa as atenções estão concentradas na possibilidade de Espanha pedir ajuda externa global (para além da que já pediu para o setor da banca).