Visão

Siga-nos nas redes

Perfil

Responsável por massacre de Cefalónia em 1943 condenado à revelia em Itália

Lusa

  • 333

Roma, 18 out (Lusa) - Um tribunal italiano condenou a prisão perpétua, na ausência do arguido, um antigo cabo do exército alemão pelo massacre de 117 oficiais italianos na ilha grega de Cefalónia durante a II Guerra Mundial, episódio que inspirou um famoso romance.

Alfred Stork, de 90 anos e residente na Alemanha, foi condenado pelo tribunal militar pelo seu papel na execução, que ocorreu a 24 de setembro de 1943 após os oficiais se renderem às tropas alemãs.

Stork confessara o seu papel, mas o procurador militar Marco De Paolis disse que "ele não teve a coragem de manter a sua confissão e ficou confortavelmente na sua casa na Alemanha".