Visão

Siga-nos nas redes

Perfil

Responsáveis bancários gregos condenados por não protegerem funcionários em protestos

Lusa

  • 333

Atenas, 22 jul (Lusa) - Os três responsáveis bancários acusados de não terem protegido três trabalhadores durante um ataque de manifestantes na Grécia, há três anos, foram condenados mas recorreram e foram depois libertados sob fiança, aguardando novo julgamento.

Um tribunal grego decretou suspender a sentença aos três supervisores bancários, que recorreram da decisão e foram libertados sob fiança, aguardando agora novo julgamento, disse um oficial de justiça, citado pela AFP.

Uma mulher grávida estava entre as três vítimas mortais do ataque de maio de 2010, num incidente que chocou a opinião pública grega e levou o presidente da altura, Carolos Papoulias, a dizer que o país tinha "chegado à beira do abismo".