Visão

Siga-nos nas redes

Perfil

Resgate ao Chipre deve ser modelo para o futuro - Alemanha

Lusa

  • 333

Berlim, 20 abr (Lusa) - O ministro das Finanças da Alemanha, Wolfgang Schäuble, considera que as condições do resgate financeiro ao Chipre, para que irão contribuir acionistas, credores mas também grandes depositantes dos principais bancos, deve servir como modelo para o futuro.

Num entrevista divulgada hoje pelo semanário económico alemão "Wirtschaftswoche", Schäuble defende que "a participação dos acionistas, detentores de obrigações subordinadas e, em seguida, dos depositantes não garantidos deve ser a norma quando uma instituição financeira cai numa situação difícil".

Se isso não acontecesse, argumentou o governante alemão, "os bancos conseguiriam grandes lucros com negócios arriscados, mas em caso de falência as perdas ficariam a cargo de toda a sociedade".