Visão

Siga-nos nas redes

Perfil

Republicanos EUA exigem redução da despesa pública para aceitar aumento do endividamento

Lusa

  • 333

Washington, 08 out (Lusa) -- O presidente da Câmara dos Representantes dos EUA, o republicano John Boehner, disse hoje que o aumento do limite de endividamento do país deve ser sujeito a uma negociação sobre a redução da despesa pública.

O dirigente republicano fez esta proposta, apesar de o Presidente Barack Obama já se ter negado a discuti-la.

Boehner defendeu a legitimidade de condicionar ambas as metas, mesmo sabendo que os EUA podem incorrer, pela primeira vez na sua história, em incumprimento de pagamentos, se o limite da dívida não for elevado até 17 de outubro, e recordou que há dezenas de precedentes neste tipo de negociações.