Visão

Siga-nos nas redes

Perfil

Reprodução do hino de Cuba em graduação de médicos gera polémica na Venezuela

Lusa

  • 333

Caracas, 23 mar (Lusa) - A reprodução de "La Bayamesa", o hino nacional de Cuba, numa cerimónia de graduação de 675 novos médicos na Venezuela, gerou na sexta-feira uma polémica sem precedentes no país.

A cerimónia teve lugar no Palácio dos Eventos da cidade de Maracaibo, a 800 quilómetros a oeste de Caracas, e teve transmissão direta e obrigatória pelas rádios e televisões do país, tendo contado com a presença do Presidente interino da Venezuela, Nicolás Maduro.

As televisões transmitiram o momento em que os novos médicos entoaram a letra do hino de Cuba, o que levou de imediato os venezuelanos a expressarem, através do Twitter, a sua revolta com a publicação de muitas mensagens que questionavam o sucedido.