Visão

Siga-nos nas redes

Perfil

Representantes de empresas criticam aumento de taxas e rendas no aeroporto de Lisboa

Lusa

  • 333

Lisboa, 11 fev (Lusa) - A Comunidade Aeroportuária de Carga de Lisboa (CACL) criticou hoje o aumento de rendas e taxas fixas às atividades e empresas que trabalham no aeroporto de Lisboa, considerando que é uma medida em "contraciclo" relativamente à economia nacional.

Em comunicado, os representantes das empresas que operam no aeroporto adiantam que o aumento de cerca de 3,3% das rendas e taxas fixas é "desajustado" e, a prevalecer, "poderá obrigar à deslocalização de empresas para fora do aeroporto de Lisboa".

"Numa altura em que a conjuntura nacional e concretamente a indústria de carga aérea e seus operadores atravessam enormes dificuldades económico-financeiras, não se compreende esta decisão, que vai nitidamente em contraciclo relativamente à economia nacional", refere o comunicado.