Visão

Siga-nos nas redes

Perfil

Representante da República diz não ter sido notificado para depor no "caso Nacional"

Lusa

  • 333

Funchal, 28 mai (Lusa) -- O Representante da República para a Madeira, que está arrolado como testemunha no "caso Nacional", que envolve crimes de fraude contra a Segurança Social e branqueamento de capitais, diz que não foi notificado, "até ao momento".

"Até ao momento, o senhor juiz conselheiro Ireneu Cabral Barreto não foi notificado, por nenhum órgão judicial, para depor, como testemunha, em qualquer processo que decorra em tribunal", declarou fonte do seu gabinete à agência Lusa.

A mesma fonte acrescentou que, na eventualidade de tal vir a acontecer, o Representante da República "vai utilizar o regime dos titulares de cargos públicos, o qual prevê a hipótese de fazer o depoimento por escrito".