Visão

Siga-nos nas redes

Perfil

Renovação do selecionador de râguebi é um caso para "estudar" - presidente da federação

Lusa

  • 333

Coimbra, 09 mar (Lusa) -- O presidente da Federação Portuguesa de Râguebi mostrou-se reticente em relação à renovação de contrato com o selecionador, o neozelandês Errol Brain, após a derrota com a Rússia, por 31-23, na quarta jornada do torneio Europeu das Nações.

"A renovação é algo que vamos ter de estudar", afirmou Carlos Amado da Silva, depois de considerar que "este jogo foi uma desilusão muito grande" e sublinhar que algo "não está bem e não pode continuar assim".

O contrato do treinador neozelandês termina após a primeira volta do torneio, que se concluiu na quinta jornada, em que Portugal defronta a Espanha. Com a derrota em Coimbra, Portugal baixou ao quarto lugar, dificultando mais o apuramento para Mundial2015.