Visão

Siga-nos nas redes

Perfil

Renamo diz que o seu líder falou ao telefone com PR moçambicano sobre tensão político-militar

Lusa

  • 333

Maputo, 19 out (Lusa) - O Presidente moçambicano, Armando Guebuza, e o líder da Renamo, Afonso Dhlakama, "falaram hoje por telefone" sobre o clima de tensão que se vive no centro de Moçambique, garantiu o principal partido da oposição.

A informação foi avançada pelo porta-voz da Renamo, Fernando Mazanga, em conferência de imprensa para denunciar que as forças governamentais impediram a entrada e saída de quadros da sua força política de Sandjudjira, onde, na quinta-feira,foram assinalados os 34 anos da morte de André Matsangaísse fundador do então movimento rebelde.

De acordo com Fernando Mazanga, na conversa telefónica entre os dois dirigentes, o líder da Renamo apelou a Armando Guebuza para ordenar ao exército governamental ali estacionado para permitir que os participantes das festividades do 17 de Outubro e do primeiro ano da instalação de Afonso Dhlakama na Serra da Gorongosa regressassem às suas residências nos vários pontos do país.