Visão

Siga-nos nas redes

Perfil

Renamo condiciona encontro com PR moçambicano à saída do exército da Gorongosa

Lusa

  • 333

Gorongosa, 03 jul (Lusa) - O líder da Renamo, Afonso Dhlakama, aceitou encontrar-se com o Presidente de Moçambique, mas impôs como condições a retirada do exército governamental da antiga base militar do maior partido da oposição ou a troca de local do encontro.

Em declarações hoje à imprensa, Afonso Dhlakama disse que só reunirá com Armando Guebuza se existirem condições de segurança para a Renamo (Resistência Nacional Moçambicana), que passa pela retirada das tropas governamentais, caso o encontro seja em Maputo.

"Já respondi o convite do PR, mas é preciso retirar o cerco do exército na Gorongosa, para evitar que na minha ausência os militares façam um ataque ou respondam a [alguma] provocação", disse Afonso Dhlakama, exigindo a saída dos militares da sua antiga base militar, em Sadjundjira.