Visão

Siga-nos nas redes

Perfil

Remo: Federação avança com "notificações judiciais avulsas" contra governo e câmara de Montemor-o-Velho

Lusa

  • 333

Lisboa, 24 jul (Lusa) -- A Federação Portuguesa de Remo (FPR) avançou com "notificações judiciais avulsas" contra a Secretaria de Estado do Desporto e Juventude (SEDJ) e a Câmara Municipal de Montemor-o-Velho para receber alegadas verbas em dívida, para pagar a fornecedores dos Europeus2010.

"Após várias tentativas de procurar receber as verbas em falta junto da SEDJ, bem como as relativas às obras realizadas na pista e que eram da responsabilidade do município de Montemor-o-Velho, viu-se a FPR na necessidade de avançar com as respetivas notificações judiciais avulsas para procurar concluir este assunto, expondo, justificando e demonstrando a razão e legitimidade da sua pretensão", diz a federação.

Numa circular enviada hoje aos clubes, assinada pelo presidente Rascão Marques, a federação insiste que tem dinheiros a haver por parte das duas entidades, embora, num passado recente, tanto o governante Alexandre Mestre como o autarca Luís Leal tenham negado a existência de qualquer dívida.