Visão

Siga-nos nas redes

Perfil

Remo: Comissão administrativa toma posse com muitos problemas para resolver

Lusa

  • 333

Porto, 28 ago (Lusa) -- Menos de 24 horas após a renúncia de Rascão Marques à presidência da Federação Portuguesa de Remo, a comissão administrativa eleita em assembleia geral a 12 de agosto toma hoje posse em Soure com muitos obstáculos para ultrapassar.

"Os principais problemas são a grande divida que não é proveniente apenas do Campeonato da Europa, mas de dois mandatos desastrosos, o que não pode ser disfarçado", resumiu Joaquim Sousa, presidente da comissão administrativa, que fala de um buraco financeiro "nunca inferior a um milhão de euros".

O antigo presidente da assembleia geral -- foi igualmente secretário de Estado do Desporto nos anos 70 e autarca da Figueira da Foz -- critica o trabalho de Rascão Marques e do seu legado destaca ainda "o estado do remo nacional em que os clubes que na verdade praticam remam não foram excluídos, mas viram a sua vontade sendo esquecida com diversos artifícios".