Visão

Siga-nos nas redes

Perfil

Relatório do sindicato dos futebolistas profissionais alerta para aliciação de resultados

Lusa

  • 333

Kuala Lumpur, 20 fev (Lusa) -- A Federação Internacional dos Jogadores Profissionais de Futebol (FIFPro) informou hoje que 11,9 por cento dos jogadores terão sido abordados para falsear resultados e mais do dobro (23,6) acredita que os seus jogos nacionais são manipulados.

Os dados foram tornados públicos pelo presidente da divisão da FIFPro Ásia, Brendan Schawb, durante o seu discurso de hoje na Conferência Internacional da Interpol, em Kuala Lumpur, sobre a viciação de resultados, no âmbito do acordo celebrado entre a FIFA e a Interpol em 2011.

"Todos os membros da família do futebol, os governos e as autoridades policiais devem trabalhar em conjunto para combater este problema", afirmou Schwab, destacando ainda o papel determinante da FIFPro em todo este processo, uma vez que representa cerca de 65.000 jogadores em todo o mundo.