Visão

Siga-nos nas redes

Perfil

Relator da ONU alerta para "aumento" da "gravidade das violações de direitos humanos" no Irão

Lusa

  • 333

12 mar (Lusa) -- Tortura "generalizada e sistemática", perseguição de ativistas, advogados e jornalistas e ataques à liberdade de informação apontam para "um aumento" da "gravidade das violações de direitos humanos" no Irão, alertou um relator das Nações Unidas.

Na apresentação do relatório sobre os direitos humanos no Irão perante o Conselho de Direitos Humanos da ONU, em Genebra (Suíça), Ahmed Shaheed, investigador académico e antigo chefe da diplomacia das Maldivas, disse que a situação naquele país "continua a justificar preocupações sérias".

Segundo a informação disponibilizada no portal da ONU, o relator encontrou "o que parecem ser indícios forenses incontestáveis de que a tortura está a acontecer no Irão numa base generalizada e sistemática".