Visão

Siga-nos nas redes

Perfil

Relação do Porto absolve detidos da Fontinha de resistência a polícia

Lusa

  • 333

Porto, 22 mai (Lusa) -- O Tribunal da Relação do Porto absolveu os dois detidos no despejo da Escola da Fontinha pelo crime de resistência e coação a agente policial, pelo qual tinham sido condenados em 2012, disse hoje fonte judicial.

O tribunal manteve, porém, a condenação dos dois indivíduos pelo crime de injúria, numa decisão que foi tomada por aquela instância judicial na quarta-feira.

O caso remonta a 10 de maio de 2011, quando a polícia se dirigiu à Escola da Fontinha, no Porto, abandonada desde 2006 e propriedade camarária, e despejou os seus ocupantes, identificados com o movimento Es.Col.A -- Espaço Coletivo Autogestionado do Alto da Fontinha.