Visão

Siga-nos nas redes

Perfil

Relação de Coimbra reduz pena a mulher que batia em criança de dois anos

Lusa

  • 333

Aveiro, 28 jun (Lusa) - A Relação de Coimbra reduziu a pena a uma mulher que o tribunal de Aveiro condenou a pagar 1.402 euros de multa por bater no filho da enteada, uma criança de dois anos que estava a seu cargo.

Segundo o acórdão, a que a Lusa teve hoje acesso, os juízes da Relação baixaram de 275 (1.402 euros) para 120 dias (612 euros) a pena de multa aplicada à arguida, que já tinha antecedentes criminais por crimes de ofensas corporais.

A mulher, que inicialmente estava acusada do crime de maus-tratos, foi condenada no ano passado pelo tribunal de Aveiro pela prática de um crime de ofensas à integridade física simples.