Visão

Siga-nos nas redes

Perfil

Reino Unido vai vender 6% do grupo bancário Lloyds

Lusa

  • 333

Londres, 16 set (Lusa) - O Reino Unido vai vender uma participação de 6%, resultante do apoio estatal, no grupo Lloyds, que tem como presidente executivo o português António Horta Osório, um primeiro passo para o regresso do banco ao setor privado.

A UK Financial Investiments (UKFI), entidade responsável pela gestão das participações do Estado no banco, disse hoje em comunicado que irá tentar vender 4,28 mil milhões de ações a investidores institucionais.

O governo britânico está empenhado em recuperar 20 mil milhões de libras (cerca de 24 mil milhões de euros) do dinheiro dos contribuintes que foi aplicado no grupo, no auge da crise financeira global.