Visão

Siga-nos nas redes

Perfil

Reino Unido: Clérigo radical muçulmano vai ser extraditado para os Estados Unidos

Lusa

  • 333

Londres, 24 set (Lusa) -- O Governo britânico afirmou hoje que pretende extraditar rapidamente para os Estados Unidos o imã radical Abu Hamza al-Masri e quatro outros islamitas, após a rejeição definitiva do recurso apresentado ao Tribunal Europeu dos Direitos Humanos (TEDH).

"A ministra do Interior [Theresa May] felicita-se da decisão de hoje em não reenviar o caso Abu Hamza e de outros quatro para a Câmara Alta", a instância suprema do TEDH, indicou um comunicado do Mministério do Interior britânico.

O comunicado do ministério acrescentou esperar "que estes indivíduos sejam entregues às autoridades norte-americanas o mais depressa possível".