Visão

Siga-nos nas redes

Perfil

Reino Unido: Banco de Inglaterra mantém taxas, adia novos estímulos à economia

Lusa

  • 333

Londres, 02 ago (Lusa) -- O Banco de Inglaterra (BdI, banco central do Reino Unido) decidiu hoje manter a sua taxa diretora e deixar também inalterado o seu programa de estímulo à economia.

Segundo a agência financeira Bloomberg, o BdI manteve a sua taxa diretora nos 0,5 por cento, um mínimo histórico.

O banco central britânico também decidiu não introduzir para já novas medidas de estímulo à economia. A meta do seu programa de aquisição de obrigações manteve-se nos 375 mil milhões de libras (475 mil milhões de euros).