Visão

Siga-nos nas redes

Perfil

Regulamentação de lóbis fora das prioridades legislativas em Portugal -- estudo

Lusa

  • 333

Redação, 02 fev (Lusa) -- A regulamentação da atividade dos lóbis está ausente das prioridades políticas da atualidade em Portugal, constataram representantes dos partidos com assento parlamentar a uma investigação académica, ainda que o PS destaque vantagens na existência de legislação.

De acordo com a dissertação de mestrado "Lóbi: conceito, perceções e percurso(s) em Portugal" de Ângela Duarte, defendida na Universidade Nova de Lisboa, na qual são citados os líderes dos grupos parlamentares do PS, CDS, PCP, Bloco de Esquerda (BE) e "Os Verdes", bem como o presidente da Comissão para a Ética, a Cidadania e a Comunicação, Mendes Bota (PSD), a questão da regulamentação não é "globalmente" uma prioridade política.

Por parte da maioria, quer o líder parlamentar do CDS-PP, Nuno Magalhães, quer Mendes Bota (PSD) referem que a conjuntura económica não é a mais oportuna para regulamentar a atividade, enquanto o líder parlamentar do PS, Carlos Zorrinho, contrapõe que, ainda que a situação não seja "percecionada como [prioritária], deveria ser".