Visão

Siga-nos nas redes

Perfil

Regresso aos mercados é "momento de viragem" na situação económico-financeira - PSD

Lusa

  • 333

Lisboa, 22 jan (Lusa) - O PSD defendeu hoje que o anúncio do regresso aos mercados é o culminar de uma estratégia "acertada", contrária à do PS, e que marca um "momento de viragem" na situação económica e financeira do país.

Em conferência de imprensa, o vice-presidente do PSD Jorge Moreira da Silva defendeu que a situação atual "é precisamente o contrário" daquilo que o PS defendeu, argumentando que aquilo que os socialistas defendiam "era mais tempo, isto é, mais 'troika', era mais programa, um memorando de entendimento que fosse para lá de 2014, e era mais dinheiro, mais crédito, mais endividamento, mais empréstimos junto da 'troika'".

"A iniciativa que o Governo tomou de solicitar apoio para extensão das nossas maturidades do nosso empréstimo de forma a podermos regressar de uma forma mais eficiente aos mercados, em conjunto com este anúncio de colocação de uma operação de colocação de dívida no mercado, traduzem um momento de viragem da nossa situação económica e financeira", afirmou o primeiro-vice-presidente do PSD.