Visão

Siga-nos nas redes

Perfil

Regadio de Chókwè, no sul de Moçambique, precisa de 7,6 ME para reativar

Lusa

  • 333

Maputo, 18 abr (Lusa) - Cerca de 12 mil produtores necessitam de 7,6 milhões de euros para reativarem o regadio de Chókwè, na província de Gaza, sul de Moçambique, afetado pelas cheias, estimou hoje o presidente da Hidráulica de Chókwè, Soares Xerinda.

Citado pela Rádio Moçambique, o responsável disse que a produção de comida no regadio está aquém do desejado dos produtores familiares e privados, que precisam da verba para adquirir sementes, fertilizantes, tratores, motobombas, charruas, juntas de bois e outros bens destruídos pelas cheias em janeiro último.

Segundo Soares Xerinda, a manutenção do sistema de produção, junto dos produtores do regadio do Chókwè, está estimado em perto de 10 milhões de euros, "valor que não existe nos cofres do regadio".