Visão

Siga-nos nas redes

Perfil

Reforma/Estado: UGT diz que guião é "plano de despedimentos"

Lusa

  • 333

Lisboa, 31 out (Lusa) - O secretário-geral da UGT, Carlos Silva, afirmou na quarta-feira que o guião da reforma do Estado é um "plano de despedimentos" que vai afetar o presente e o futuro de milhares de trabalhadores.

"A reforma do Estado é um plano de despedimentos. A única coisa que se vê são os salários dos trabalhadores e por isso toca a cortar pelo que é mais fácil, os homens e as mulheres que trabalham", disse Carlos Silva aos jornalistas, à margem de uma vigília convocada por trabalhadores do Metropolitano de Lisboa.

Segundo o dirigente sindical, o guião da reforma do Estado, apresentado na quarta-feira, pelo vice-primeiro ministro, Paulo Portas, representa "um ataque sem precedentes" aos trabalhadores da administração pública, ao qual a central sindical não pode "dar tréguas".