Visão

Siga-nos nas redes

Perfil

Reforma/Estado: CIM Alto Minho diz que deve começar pela administração central

Lusa

  • 333

Ponte de Lima, 31 out (Lusa) - O presidente da Comunidade Intermunicipal (CIM) do Alto Minho afirmou hoje que a reforma do Estado deve começar pela administração central e não na agregação de municípios, como propôs o Governo, medida que os autarcas locais contestam

"Esta proposta não faz sentido e se o Estado quer mesmo reformar, então que comece pela administração central e pelos ministérios. Não é agora, quando estamos há um mês a absorver a nova legislação sobre as autarquias e transferência de competências para as CIM, que apresentam outras propostas", explicou José Maria Costa.

O também presidente da Câmara de Viana do Castelo (PS) reagia desta forma à proposta de agregação de municípios, prevista no guião com orientações para a reforma do Estado, apresentado esta quarta-feira.