Visão

Siga-nos nas redes

Perfil

Reforma da banca espanhola mantém "bom ritmo" mas é preciso solidez nas finanças públicas - Olli Rehn

Lusa

  • 333

Bruxelas, 04 fev (Lusa) -- A reforma do setor financeiro espanhol mantém um "bom ritmo", considerou hoje o comissário europeu dos Assuntos Económicos, sublinhando, contudo, a necessidade de Espanha centrar esforços na solidez das finanças públicas e na aplicação das reformas económicas.

"A conclusão com êxito da segunda avaliação" do programa de ajuda à banca espanhola "demonstra que a reforma do setor financeiro espanhol mantém um bom ritmo. A recapitalização e reestruturação bancária está em curso e a sociedade de gestão de ativos SAREB já foi constituída e começou a funcionar", disse Olli Rehn, numa declaração escrita divulgada em Bruxelas.

O comissário afirmou que foram adotadas "importantes decisões para reforçar a supervisão e a regulação" do setor, que qualifica como "passos essenciais" para um setor financeiro responsável de que Espanha necessita para garantir o acesso ao crédito às famílias e às empresas.