Visão

Siga-nos nas redes

Perfil

Reforço policial chamado ao Palácio das Laranjeiras após reunião entre sec. Estado e Fenprof

Lusa

  • 333

Lisboa, 22 mar (Lusa) -- Um reforço policial foi hoje chamado ao Ministério da Educação depois de o secretário-geral da Federação Nacional de Professores se sentar nas escadas junto à porta que dá acesso ao gabinete do ministro e recusar abandonar o local.

Acompanhado por vários professores, Mário Nogueira recusa-se a abandonar o Palácio das Laranjeiras sem que o ministro Nuno Crato confirme que dá hoje por encerradas as negociações com os sindicatos sobre o concurso nacional de docentes a realizar este ano.

A informação sobre o fim das negociações, logo na segunda reunião, foi transmitida à delegação da Federação Nacional de Professores (Fenprof) durante o encontro com o secretário de Estado do Ensino e da Administração escolar, João Casanova de Almeida, e o diretor geral de educação.