Visão

Siga-nos nas redes

Perfil

Redução do desemprego em Portugal é "um primeiro sinal" insuficiente para "euforias" -- Mota Soares

Lusa

  • 333

Lisboa, 31 jul (Lusa) - O ministro da Solidariedade, do Emprego e da Segurança Social, Pedro Mota Soares, considerou hoje que a descida da taxa de desemprego em Portugal "é um primeiro sinal", mas acutelou que não é ainda tempo de entrar em "euforias".

"É um sinal ténue, mas é um primeiro sinal. Sabemos que neste momento o país continua a ter no desemprego a sua maior dificuldade, a situação é muito difícil para os desempregados em Portugal, mas estes números também nos dizem que esta redução de dois pontos percentuais significa que cerca de 20 mil pessoas deixam de estar desempregadas", afirmou Mota Soares.

A taxa de desemprego voltou a descer em Portugal e situou-se nos 17,4% em junho, abaixo dos 17,6% registados em maio, mas acima dos 15,8% observados um ano antes, segundo dados divulgados hoje pelo Eurostat.